*A melhor receita italiana em restaurante português da Bahia*

Culinária com Joãozinho
Culinária com Joãozinho

Olá amantes da culinária,

Numa terça-feira chuvosa, dias atrás, eu fui conhecer de perto a melhor receita italiana de 2017, vencedora da categoria prato principal do Festival Sabores de Teixeira. Essa delícia com gosto de Itália foi criada no melhor restaurante português da região. Isso mesmo, eu não escrevi errado: restaurante PORTUGUÊS! Além de ver de perto o preparo do Polpetone do Quinta do Barreira, eu tive a oportunidade de desfrutar da companhia do Rui, esse português cheio de carisma que nos recebeu com muita alegria para apresentar seu restaurante, contar um pouco da sua história e ainda mostrar a beleza e o aconchego da adega do Quinta. Um luxo com jeito de casa de família.

Culinária com Joãozinho
Culinária com Joãozinho

Aliás, tudo por lá é muito familiar. O lugar é ótimo e é uma empresa familiar. Nasceu de um sonho simples e cresceu, mas até hoje tem a base casal, filho e irmão na administração e na cozinha. Além disso, com certeza é um dos melhores espaços para levar @ [email protected] Se estiver em fase de conquista ainda, é investimento certeiro. Você vai impressionar, causar uma ótima impressão e tudo por um preço justo. O serviço é ótimo, a qualidade dos ingredientes também. O ambiente é absolutamente acolhedor e tudo fica ainda mais charmoso com a possibilidade da visita à adega. Perfeita para degustar um charuto e tira-gosto. Na hora de escolher os vinhos, sobram opções. Além dos portugueses, tem vinhos chilenos, argentinos, franceses, espanhóis…

Culinária com Joãozinho
Culinária com Joãozinho

Sabe outra coisa maravilhosa no Quinta: a fartura de cada prato, típica da culinária portuguesa. Os pratos são muito bem servidos e você ainda tem a opção de meia porção ou prato individual. Eles valorizam cada detalhe, são extremamente cuidadosos com a qualidade e apresentação, como ficou claro durante o preparo do prato. Na cozinha, com o Joaquim, acompanhamos o passo a passo, até que o polpetone fosse para a mesa. A receita está ao longo do vídeo).

Já à mesa, o Rui nos contou que escolheu essa receita para o Festival ao ler uma notícia. Ele viu que os ingrediente dessa massa recheada não são fixos e a liberdade para criar foi o que lhe conquistou. A montagem, com um molho de tomate perfeita, sem acidez, e um queijo que derrete, ganhou também os clientes e jurados técnicos do concurso. Durante os dias de Festival, o Quinta do Barreira vendeu 400 pratos. Diante de tanto sucesso, o Polpetone segue no cardápio. Eu aconselho, vá, visite a adega, peça o vinho e deguste o melhor Polpetone da Bahia.

Galeria de fotos

Comentários